skip to Main Content

Âmbar do Báltico não é uma pedra, mineral ou, mais comumente, como se pensa, seiva de pinho – é na verdade fóssil de resina de árvore. O Âmbar é tecido vascular de uma árvore.

O Âmbar do Báltico é um tipo de âmbar que vem da região do Báltico da Europa.

É um mineralóide de origem orgânica, heterogêneo na sua composição. É derivado de resinas de árvores coníferas e plantas leguminosas que, enterradas durante milhões de anos, sofreram um processo de polimerização (uma das formas de fossilização). Por conta deste processo, raramente você encontrará uma peça em âmbar limpinha. Ela sempre apresentará resíduos em sua estrutura.

Tem em sua composição o ácido succínico, o qual estudos da medicina moderna afirmam que estimula o sistema nervoso, alivia a dor, promove a rápida cicatrização, estimula o sistema imunológico e melhora a atividade metabólica. Por isso, o âmbar atua como analgésico e anti-inflamatório, tendo sido usado por séculos como um remédio natural. Quando em contato com a pele, o calor do corpo ajuda a liberar quantidades minúsculas desse ácido, o levando à corrente sanguínea.

O âmbar é 100% orgânico!

Back To Top